PALCO PARA DOIS OU MENOS

IV FESTIVAL DE TEATRO

PROGRAMA 2010

leave a comment »

MAIO

01 _ 21:30  Estreia Nacional
02_ 18:45 (mudança de horário)
Mítica Escola de Teatro de Oliveirinha
PATOLÓGICAS
Confissões de uma mente confusa

Giada Prandi

02 _ 16:00
Terreiro da Botica – Oliveirinha
A GALINHA DA MINHA VIZINHA

Circolando

08 _ 21:30
Mítica Escola de Teatro de Oliveirinha
MULHER MIM
Magnólia teatro

22 e 23 _ 21:30   Estreia Absoluta
Mítica Escola de Teatro de Oliveirinha
O QUARTO DO REI
Produção NACO

27
_ 21:30   Extra Festival
Mítica Escola de Teatro de Oliveirinha
CORO CANTO E ENCANTO

29 _ 21:30   Festa de Encerramento
Mítica Escola de Teatro de Oliveirinha
UM MUNDO MUITO PRÓPRIO
Tributo a Buster Keaton

Daniel Pinto

22:30
NARCISA
Teatro Bruto

23:30
URTIGAS
Concerto

00:30
Pantera vs Gazela Côxa
Dj Set

___________________________________

PALCO PARA O ABSURDO

Mais um ano e mais um festival “Palco para Dois ou Menos”, sempre fiel ao seu formato de apresentar peças com dois ou menos intérpretes em palco, seguindo um molde que se tem implementado em Portugal, como se tem verificado, este ano, com Teatro Nacional São João também a utilizar este molde. Vamos já no quarto ano,  e seguiremos, com certeza, por muitos mais, sempre a pensar no nosso especial público fiel de Oliveirinha, e também, de todo o concelho de Carregal do Sal.

Este ano, o tema do festival é o absurdo. Vivemos uma época muito estranha, em que o absurdo se tem instalado em vários sítios e recantos, e que teima em subsistir na sociedade portuguesa. É o absurdo no parlamento, nas discussões do orçamento de estado, no diálogo entre governo e oposição. É o absurdo na justiça, no futebol, na comunicação social. É o absurdo na atribuição de subsídios, na administração local, na resolução de catástrofes. E para não falar do absurdo na PT, no caso Madie e da casa Pia, na União Europeia. Um absurdo enorme e persistente instalou-se e não há maneira de ele desaparecer. Portanto, não haveria melhor tema que este para representar no “Palco para Dois ou Menos” deste ano.

Por isso, este ano o tema é o absurdo. A sua desconstrução e a invisibilidade com que se move e nos desperta sensações. Estranhas. Quer nos motivem riso, choro, deslumbramento. Não teremos aqui nenhuma peça do Alfred Jarry, ou de outros precursores da corrente do “Teatro do Absurdo” tais Samuel Beckett, Fernando Arrabal, Eugene Ionèsco, Jean Genet (ou mesmo, Harold Pinter), mas não temos dúvidas que os artistas presentes este ano na Mítica Escola de Teatro não nos irão desiludir.

Este ano mais estreias para seguira tendência dos anos anteriores. A estreia nacional de “Patológica (Confissões de uma mente confusa)”  de Giada Prandi, que nos traz o humor italiano na forma de stand up Comedy, e também a estreia habitual da NACO, com “O Quarto do Rei ou o Rei no Quarto”, este ano com a encenação de Sónia Barbosa, que nos trouxe o ano passado, um grande momento de teatro com “Crime e Salvação”. Ainda em destaque a vinda da Circolando com a “Galinha da minha Vizinha” a ter lugar no Terreiro da Botica e o espectáculo sobre o mundo feminino e a força da mulher “Mulher Mundo”, que estreou no Teatro Viriato em Março, trazido pela Rafaela Santos, a ter lugar no dia 8. Teremos também o habitual extra festival, este ano dedicado aos coros com Canto e Encanto de Canas de Senhorim. A não perder é a festa que preparamos para o dia 29 de Maio, com dois excelentes espectáculos com excelentes interpretações de Daniel Pinto e Margarida Gonçalves, “Um dia quase perfeito” e “Narcisa” respectivamente. Terá lugar no final um concerto muito especial da girl band de Viseu, as Urtigas que nos apresentam um programa Pop muito divertido e para dançar toda a noite.

Só motivos para voltar a Oliveirinha e ao Palco para Dois ou Menos

Written by doisoumenos

20/04/2010 at 0:25

Publicado em 1